Mandioca, aipim ou macaxeira?


O aipim, também conhecido como mandioca e macaxeira, é uma planta da espécie Manihot esculenta pertencente à família Euphorbiaceae, da qual fazem parte mais de 7000 espécies. Nativa da América do Sul, possivelmente da região sudoeste da Amazônia, o aipim é cultivado em várias regiões tropicais e subtropicais do mundo, por ser uma planta com raízes comestíveis.


As raízes tuberosas do aipim, que são as partes mais consumidas da planta, são consideradas uma importante fonte de hidratos de carbono (carboidratos), por conter em sua composição grandes quantidades de amido (polissacarídeos).

Suas folhas contêm um teor altíssimo de proteínas, minerais e vitaminas essenciais ao corpo humano e por isso também são consumidas por diversos fins. Na África, por exemplo, as folhas de mandioca representam uma parte significativa da dieta alimentar da população, por combater a desnutrição, pois as folhas são ricas em ferro. Vale ressaltar que a Nigéria (país africano) é o maior produtor mundial de mandioca.


Consumida de variadas maneiras por diferentes culturas a raiz de mandioca é um alimento muito saboroso. No entanto, não é recomendável a sua ingestão quando crua, devido à presença de uma enzima de ácido cianídrico, que a torna intragável. Por isto deve ser bem cozida ou frita, antes do consumo. A mandioca é muito utilizada para preparar purê, fazer farinha, tapioca, tacacá e até mesmo algumas bebidas (cauim, tiquira).

Benefícios do consumo de mandioca:

1 – Ajuda na perda de peso
A mandioca é rico em amido e também rico em carboidratos, o que o torna uma fonte de alimento muito arredondada fornecendo uma grande quantidade de energia para o corpo. É um ingrediente perfeito para perda de peso porque o seu teor calórico é muito baixo e ele também tem uma grande quantidade de proteína.


2 – Reduz o nível de triglicérides
A mandioca tem um alto teor de fibra dietética que é ideal para ajudar a baixar o nível de triglicérides, tornando o trabalho de corpo perfeitamente. Além disso, é muito benéfica para o funcionamento adequado do sistema nervoso uma vez que reduz a ansiedade.

3 – Rica em vitamina K
A mandioca tem um teor de K elevado da vitamina, que ajuda a formação óssea. É possível utilizá-lo contra a osteoporose e, em alguns pacientes, é utilizado para tratar a doença de Alzheimer.

4 – Rica em minerais
A mandioca também tem minerais como zinco, cobre e magnésio, que dão energia ao corpo. É uma extraordinária fonte de potássio, que ajuda a produzir fluidos celulares e regular o ritmo cardíaco e a pressão arterial. Também é recomendado para o tratamento de outras doenças, como gripe e conjuntivite e até mesmo úteis no tratamento da enxaqueca.



5 – Bom para o coração
A mandioca é um alimento que é altamente recomendado para atletas e para as pessoas que atravessam momentos de exaustão física e mental. A mandioca é muito bom para as pessoas de todas as idades e perfeito para crianças e adolescentes com fases de crescimento em pleno andamento. É uma raiz que é bem digerido e seu consumo ajuda a resolver distúrbios digestivos como azia, colite ou gastrite. É altamente recomendável para os celíacos porque não tem glúten.

Os benefícios da mandioca para a saúde são muitos, por isso recomendamos que você comece r a usar este ingrediente em sua dieta. Ao preparar a mandioca aconselhamo-lo a lavar as raízes e descascá-los para remover qualquer resíduo. Então você pode cortar as raízes em pedaços pequenos e rale-los. Você deve deixá-lo a fermentar, espremer e drenar o líquido e, finalmente, cozinhá-lo.




Fontes bibliográficas:
http://www.infoescola.com/
http://meioambienterio.com/