Tomando o chá de Alecrim...

Um dos chás bastante consumido pelo mundo afora é o chá de alecrim, de sabor agradável e com diversas propriedades benéficas ao organismo.
O chá de alecrim vem sendo usado em muitas cerimônias religiosas e também no tratamento de várias doenças devido às suas propriedades antioxidantes. Estudos apontam que o consumo da erva auxilia na melhoria de problemas no fígado, cérebro e coração.
Por conter propriedades digestivas, diuréticas e antidepressivas o alecrim pode ser útil para auxiliar a digestão dos alimentos e no tratamento de casos de depressão e estados de ansiedade.




​O Alecrim é uma planta medicinal, também conhecida como Alecrim de cheiro, Alecrineiro, Alecrinzeiro ou Rosmaninho, muito utilizada no tratamento de problemas digestivos ou dor de cabeça, por exemplo.

O seu nome científico é Rosmarinus officinalis e pode ser comprada em supermercados, lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação e em algumas feiras livres.

Indicações: estimulante digestivo e para falta de apetite (inapetência), contra azia, para problemas respiratórios e debilidade cardíaca (cardiotônico), contra cansaço físico e mental, combate hemorróidas, antiespasmódico (uso interno) e cicatrizante (uso externo). Antidispéptico e anti-inflamatório.

O Alecrim serve para ajudar no tratamento de depressão leve, fadiga, dor de cabeça, enxaqueca, má digestão, gases, tosse, sinusite, bronquite, problemas de concentração, fortalece a memória, gastrite e úlcera estomacal, artrite, artrose, reumatismo, cistite, menstruação irregular, cólica menstrual e tensão pré-menstrual (TPM).



Os benefícios do chá de alecrim são muitos. Conheça os principais deles na lista abaixo:

Combate bronquite e resfriado;
Combate a caspa e queda de cabelo, nesse caso além de beber o chá você pode lavar o cabelo com ele também;
É ótimo pra diabéticos pois auxilia o corpo a assimilar açúcar;
Muito eficaz no combate de arritmia cardíaca e problemas cardiovasculares;
Melhora o funcionamento do fígado e acelera o metabolismo;
Combate dores musculares e tendinite;
É sudorífero e digestivo;
Auxilia na recuperação de memória;
Combate queimaduras e lesões na pele;
Regula a temperatura do corpo de forma equilibrada;
Combate anemia e problemas sanguíneos como menstruação desregulada;
Recupera o sistema nervoso após esforço intelectual prolongado;
Combate a fadiga mental.

As partes usadas do alecrim são suas folhas, que podem ser usadas para temperar os alimentos e as flores para fazer chá e banhos.

Chá de Alecrim para problemas digestivos e inflamação da garganta: colocar 4 g de folhas numa xícara de água fervente e deixar repousar por 10 minutos. Depois coar e beber 3 xícaras por dia, após as refeições;
Banho de Alecrim para reumatismo: colocar 50 g de Alecrim em 1 litro de água fervente, tampar, deixar repousar por 30 minutos e coar. Depois utilizar esta água durante o banho.

Além disso, o Alecrim também pode ser utilizado no preparo de carnes ou batatas assadas, por exemplo.

[caption id="attachment_2210" align="aligncenter" width="300"] Rosmarintee[/caption]

Os efeitos colaterais do Alecrim incluem reações alérgicas, quando consumido em excesso.
Não usar em pessoas com gastroenterites e histórico de convulsões. Não utilizar em gestantes. Doses acima das recomendadas podem causar nefrite e distúrbios gastrintestinais. Não usar em pessoas alérgicas ou com hipersensibilidade ao alecrim. Uso recomendado em pessoas acima de 12 anos
Em grandes quantidades, o alecrim está contraindicado para grávidas e mulheres amamentado, assim como bebês.

Fontes bibliográficas:
http://www.dietaeboasaude.com.br/
http://www.tuasaude.com/
http://www.remedio-caseiro.com/