Desabafo, indignação, frustração...


No dia 29 de outubro de 2014, dei meu depoimento através de uma entrevista ao Ministério da Saúde. Pena que cortaram grande parte, mas mesmo assim segue o Link para todos. O mais importante nesse momento é estarmos na mídia e continuarmos na batalha de divulgação das importantes informações sobre o AVC.Durante a preparação para os eventos do dia mundial de combate ao avc,através da Associação Mineira do Avc - AMAVC -  pude sentir o descaso do poder publico e das instituições privadas É uma longa batalha, estamos apenas no começo, mas sei que chegaremos lá. O que mais me entristece é a falta de apoio do governo, seja municipal, estadual ou federal. Acham lindo quando a gente faz, mas quando vamos pedir apoio à causa nunca temos respostas. Instituições particulares e privadas como a Unimed, nos disseram que já possuem seus proprios projetos e não tinham interesse em nossa causa. Pode uma coisa dessas? Uma cooperativa de Médicos não ter interesse numa causa como essa? A companhia de aguas de MG - Copasa_ nos disse que não poderia fornecer água para o evento, "pois estamos em período de seca e é importante economizar", só rindo mesmo. Mandei email para inúmeras distribuidoras de água de MG, estou aguardando a resposta até hoje.... A grande mídia televisiva não se digna a nos responder, Rede Globo, através de programas como da Fátima Bernardes, Luciano Huck, telejornais da região não são capazes nem de nos mandar um email nos colocando o porquê de não ter interesse nessa pauta. Pôxa vida, lutamos para divulgar informações sobre uma doença (AVC) que mais mata no Brasil e no mundo nos tempos de hoje e pelo visto vai continuar vitimando milhões de pessoas, por não ter acesso a informações importantes e por não dar o IBOPE necessário para as grandes emissoras de televisão. Infelizmente essa é a realidade de uma pequena associação, mas grandiosa no seu trabalho, que apesar de andar a passos lentos, estamos fazendo nosso trabalho. Quero agradecer aqui a Rede Minas de Televisão e ao Jornal Estado de Minas, únicos órgãos da mídia que estão nos apoiando. A AMAVC é uma associação que nasceu do desejo urgente de alertar a população dos perigos do AVC. A AMAVC veio para suprir esta necessidade de informação, prevenção, identificação dos sintomas, internação humanizada, acesso a tratamento neurológico, maior rede hospitalar que utilizem o protocolo de AVC, reabilitação especializada com fisioterapia e fonoaudiologia, cuidados ao paciente tanto na internação como no domicílio e reinserção ao mercado de trabalho a ao lazer. Continuaremos nossa luta, mesmo que seja um trabalho de formiguinha, mantendo nossa esperança e renovando nossas forças em nossas próprias conquistas diárias, pois como sequelado de um AVC sei do esforço e da luta que é para recuperar o movimento, minimo que seja,as vezes apenas um dedo ... e é isso que nos faz acreditar que esse trabalho também poderá ajudar muitas pessoas.

AVC EU ME IMPORTO !  E VOCÊ?

VEJA UM POUQUINHO DO QUE FALEI AO MINISTÉRIO DA SAÚDE, APESAR DE TEREM EDITADO TODO O MEU DEPOIMENTO:
http://webradio.saude.gov.br/noticia.php?codigo_noticia=PDMS140930